02/10, 10h20: Investimento na qualificação dos Açorianos continua a ser fundamental para a promoção da sua empregabilidade

Ribeira Grande, 2 de Outubro 2020
Investimento na qualificação dos Açorianos continua a ser fundamental para a promoção da sua empregabilidade 

A Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional reafirmou, em São Miguel, a importância da qualificação e formação dos Açorianos visando a melhoria das suas competências profissionais com vista a potenciar a sua empregabilidade e contribuir para a sustentabilidade e competitividade da economia dos Açores.  

“O Governo dos Açores tem promovido e vai continuar a desenvolver políticas ativas de emprego e formação, prosseguindo, mesmo num contexto difícil como o que vivemos, com a formação de ativos atualmente empregados, com o objetivo de aumentar as suas qualificações e competências profissionais, que, no fundo, contribuem também a sua valorização pessoal e empregabilidade”, afirmou Paula Andrade.  

Nesse sentido, acrescentou a Diretora Regional, as medidas e as intervenções formativas promovidas pelo Governo dos Açores destinadas a ativos “têm contribuído para que os Açorianos consigam manter e integrar o mercado de trabalho, cada vez mais exigente, competitivo e sujeito a impactos como os provocados pela pandemia de COVID-19 à escala mundial”.  

Paula Andrade, que falava na Casa do Povo da Maia, na cerimónia de entrega de cerca de 90 certificados correspondentes à formação em Técnicas de Socorrismo, Atendimento e Assistência a Clientes, bem como a Técnicas de Atendimento, Informação a Clientes, e formação em Língua Inglesa – Informação turística na Região.  

“Até ao momento, ao abrigo do Programa Operacional Açores 2020,  já foram abertos quatro concursos para apresentação de candidaturas, com uma dotação global de três milhões e 650 mil euros”, adiantou  a Diretora Regional, acrescentando que, no âmbito destes concursos, “já foram aprovadas 32 candidaturas, no valor de 2,2 milhões de euros, perspetivando abranger mais de 9.500 participações de Açorianos”.  

Paula Andrade reafirmou que o investimento na qualificação dos Açorianos continua a ser fundamental para “estarmos melhor preparados não só para ultrapassar as atuais adversidades, como também para vencer novos desafios”.  

“O Governo dos Açores, na concretização dos seus compromissos, tem feito um esforço para dotar as empresas de recursos humanos mais bem qualificados, favorecendo a sua sustentabilidade e competitividade”, disse.  

Para a Diretora Regional, a estratégia seguida pelo Executivo regional, em parceria com as empresas e famílias açorianas, tem dado resultado, referindo-se aos dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística e, mais recentemente, pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional.  

“Os Açores, que nos últimos anos consolidaram a tendência de redução do desemprego e aumento do emprego, conseguiram registar a manutenção do emprego nos últimos cinco meses (abril-agosto) tendo sido a única região do país com descida do desemprego, em termos homólogos”, frisou.  

Segundo Paula Andrade, a estabilidade do emprego que se regista na Região “é reflexo do impacto das medidas criadas e implementadas pelo Governo dos Açores no âmbito da pandemia de COVID-19”.    

A Diretora Regional desejou os maiores sucessos aos formandos, formadores e dirigentes da Casa do Povo da Maia, salientando que “o Governo Regional tem feito o que lhe compete, mas são os que agora adquiriram novas competências, no particular, e os  Açorianos, no geral, os principais protagonistas e os responsáveis pela obtenção destes resultados positivos”.


GaCS/VPGECE | Fotos: GaCS/DREQP

Translate »