12/06, 14H00: Governo dos Açores vai aprovar muito em breve medidas para revitalizar o setor vitivinícola, afirma João Ponte

Madalena, 12 de Junho de 2020

Governo dos Açores vai aprovar muito em breve medidas para revitalizar o setor vitivinícola, afirma João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas adiantou hoje, no Pico, que o Governo dos Açores vai aprovar muito em breve um conjunto de medidas para revitalizar o setor vitivinícola, ajudando este setor a mitigar diferentes efeitos causados pela pandemia.

“Estão a ser ultimadas uma série de medidas excecionais que vão permitir, por exemplo, apoiar a aquisição de mais cubas de armazenamento e possibilitar a destilação de emergência de vinho de cheiro em aguardente, para libertar espaço para armazenar o vinho da próxima vindima”, referiu João Ponte, em declarações à margem de uma reunião com a Direção da Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico.

O governante destacou, por outro lado, que também haverá medidas para reforçar a liquidez do setor cooperativo e dos operadores, através do apoio à armazenagem tanto de vinhos licorosos como de vinhos de mesa certificados como Denominação de Origem (DO) e Indicação Geográfica (IG), bem como medidas de impulso e ajuda ao nível da comercialização dos vinhos certificados.

“Este conjunto de medidas, que serão aprovadas e publicadas muito em breve, são muito importantes para ajudar o setor da vitivinicultura a revitalizar-se e minimizar os impactos sofrido por causa da pandemia. Apoiando as cooperativas e os operadores da transformação estamos a ajudar os produtores”, disse João Ponte, lembrando que, desde a primeira hora, o Governo dos Açores tem estado a acompanhar e monitorizar os impactos da pandemia no setor.

No âmbito desta deslocação ao Pico, o Secretário Regional da Agricultura e Florestas reuniu quinta-feira com o Presidente da Comissão Vitivinícola Regional dos Açores (CVR), entidade que, apesar dos constrangimentos sentidos no seu funcionamento nos últimos três meses, já conseguiu certificar 200 mil litros de vinho, o que corresponde a cerca de um terço da produção apta a certificação.

O titular da pasta da Agricultura salientou ainda o grande esforço que o Governo dos Açores faz para garantir, no âmbito do POSEI, o pagamento da totalidade das ajudas aos produtores com vinho apto a Denominação de Origem (DO), sendo que, no final de junho, será pago 90% da ajuda aos produtores com vinhas aptas a Indicação Geográfica (IG).

“No total, com estes dois apoios no âmbito do POSEI estão em causa mais de um milhão de euros para o setor da vitivinicultura, uma verba muito importante para a manutenção desta atividade, que tem custos de produção muito elevados”, considerou João Ponte, destacando todo o esforço que tem sido feito por parte dos produtores e o investimento público no desenvolvimento deste setor gerador de emprego e riqueza.

GaCS/RM

Translate »