19/05, 17H00: Investimento permanente e crescente do Governo dos Açores no Serviço Regional de Saúde garantiu uma boa resposta a esta situação pandémica

Angra do Heroísmo,  19 de Maio de 2020

Investimento permanente e crescente do Governo dos Açores no Serviço Regional de Saúde garantiu uma boa resposta a esta situação pandémica

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares relembrou hoje, na Assembleia Legislativa, “o crescimento permanente do investimento no Serviço Regional de Saúde ao longo dos últimos anos”, que “garantiu uma boa resposta a esta situação pandémica” nos Açores.

“Foi aqui afirmado que temos um subfinanciamento crónico e desinvestimento no Serviço Regional de Saúde. Ora, a realidade desmente essas afirmações. Basta uma análise aos valores transferidos anualmente para o Serviço Regional de Saúde ou ao número de profissionais de saúde nos Hospitais e Unidades de Saúde de Ilha ou ainda às novas infraestruturas e equipamentos em todas as Ilhas para perceber que essas afirmações não correspondem à verdade”, afirmou Berto Messias, que falava, por videoconferência, no debate no âmbito de uma declaração política apresentada pelo PSD/Açores.

Segundo Berto Messias, “dizer isso acaba por ser uma contradição em si mesma, ou seja, elogia-se os profissionais de saúde, as condições do Serviço Regional de Saúde e as respostas que têm sido dadas e, ao mesmo tempo, critica-se um alegado desinvestimento que, a existir, não permitiria estas mesmas respostas”.

“Temos um reforço anual de financiamento, mais médicos, mais enfermeiros, mais técnicos de diagnóstico e terapêutica, mais assistentes operacionais, melhor infraestruturas, melhores equipamentos, isso é inegável e indiscutível. Quer isto dizer que está tudo bem e que não há problemas? Obviamente que não, fizemos muito mas há ainda muito para fazer e os desafios são muitos neste setor, quer na abordagem à pandemia que nos assola, quer no trabalho paralelo que tem de continuar a ser feito e intensificado em todas as áreas abrangidas pelo Serviço Regional de Saúde que não têm que ver com a COVID-19”, afirmou Berto Messias.

GaCS/SRAPAP

2 comentários a "19/05, 17H00: Investimento permanente e crescente do Governo dos Açores no Serviço Regional de Saúde garantiu uma boa resposta a esta situação pandémica"

  1. Fala sem concretizar, porque é falso o que diz.

    Eu ajudo, consultem o portal oficial do Governo, http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/vp-drot/textoTabela/ORAA.htm

    Nos mapas, pode-se constatar que o valor atribuído ao SRS é sempre o mesmo : 300.000.000 euros com excepção para o ano 2020, que previa uma dotação de 275.000.000 euros. Ora aprendemos na escola, no segundo ano de escolaridade que há um decréscimo.

    A rubrica que aumenta é a do Gabinete do Secretário Regional.

    Assim sendo, é vergonhoso este discurso populista, eleitoralista e vago, sem apresentação de números.
    O Povo não é licenciado em economia e matemática, mas estes números não são difíceis de entender. Haja vontade….

    Segundo, “o crescimento permanente do investimento no Serviço Regional de Saúde ao longo dos últimos anos”, que “garantiu uma boa resposta a esta situação pandémica” nos Açores.”

    FALSO

    A quarentena obrigatória e o encerramento das ilhas foram as medidas que o governo regional Socialistas Cubano dos Açores arranjou para evitar a evidencia do colapso de um sistema regional de saúde fraco.

    Sob a capa tiranete e justificadas pela preservação da saúde…mas que na realidade serviram apenas para que não fosse publica a incapacidade de resposta.

    Facto, apenas no Inicio de Maio de 2020 foram abertos os quartos de pressão negativa no hospital de Ponta Delgada que abriu os primeiros serviços em 1997…espante-se!! Mais de 20 anos para abrir quartos que são a única resposta a situações de vírus (não serei limitado ao CVID-19.)

    Não sou politico, não sou eleitor do PDS, jamais votarei num partido que coloca acima da liberdade o quer que seja! ANTES MORRER LIVRE QUE EM PAZ SUJEITO todos os políticos, medíocres dos Açores esqueceram a pedra basilar da fundação do regime

  2. O regime socialista Cubanista insular ainda não teve tempo para publicar o meu comentário de 20 Maio ao dia de hoje 26 Maio?

Os comentários estão fechados.

Translate »