03/04, 11H36: Diagnosticados 3 novos casos de COVID-19 em São Miguel

Angra do Heroísmo, 3 de Abril de 2020

Comunicado da Autoridade de Saúde Regional

A Autoridade de Saúde Regional informa que foram diagnosticados três casos positivos de COVID-19 na ilha de São Miguel, de acordo com análises realizadas nos dois laboratórios de referência dos Açores.

Foram diagnosticados dois indivíduos do sexo feminino, de 46 e 80 anos, sendo uma profissional de saúde.

Ambas estiveram em contacto com casos positivos.

Foi ainda diagnosticado um indivíduo do sexo masculino, de 56 anos, com história de viagem recente ao exterior da Região.

Um indivíduo está internado no Hospital do Divino Espírito Santo e os outros dois encontram-se no domicílio.

Todos apresentam situação clínica estável.

Os casos estão a ser acompanhados pelas Delegações de Saúde Concelhias, estando em curso os procedimentos definidos para caso confirmado e de vigilância de contactos próximos.

Até à data, foram detetados na Região 66 casos positivos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, sendo 31 em São Miguel, 11 na ilha Terceira, três na Graciosa, sete em São Jorge, nove no Pico e cinco no Faial.

A informação sobre a pandemia de COVID-19 será atualizada esta tarde, às 16h00, através de conferência de imprensa, a partir da Secretaria Regional da Saúde, no Solar dos Remédios, em Angra do Heroísmo.

A Autoridade de Saúde Regional reitera a necessidade de serem cumpridas todas as recomendações já tornadas públicas a este propósito, em especial a de, em caso de sintomas, não procurar um Hospital ou Unidade de Saúde, mas ligar para a Linha de Saúde Açores – 808 24 60 24.

Para mais informação, deve ser consultado o site criado pelo Governo dos Açores no âmbito da pandemia, em http://covid19.azores.gov.pt, ou a página de Facebook da Direção Regional da Saúde, em https://www.facebook.com/DirecaoSaudeAcores/.

O Governo dos Açores disponibiliza ainda a Linha Açores de Esclarecimento Não Médico COVID-19, com o número 800 29 29 29, que pode ser utilizada entre as 08h00 e as 20h00, todos os dias da semana, e a Linha RIAC 800 500 501, que funciona de segunda-feira a sábado, das 09h00 às 22h30, e aos domingos, das 10h00 às 22h30.

Está disponível, também, o endereço de correio eletrónico [email protected] para esclarecimentos sobre as medidas adotadas na Região para fazer face à pandemia do novo coronavírus.

GaCS/SRS

7 comentários a "03/04, 11H36: Diagnosticados 3 novos casos de COVID-19 em São Miguel"

  1. sonia borges de sousa | 3 de Abril, 2020 às 14:15 |

    seria aconselhável que explicassem e verificassem se as casas têm condições para manterem infectados e pessoas em quarentena nas mesmas. A nossa população tem uma alta percentagem de iletracia, não têm conhecimentos do que é e como se faz uma quarentena. Em muitas casas só ha um WC, usados por todos, sem cuidado de separar escovas de dentes, pastas individualizadas, confinamento a uma divisão sem entrarem de hora a hora e sentarem-se na cama, etc. Caso não seja transmitida esta informação e amplamente difundida, não creio que se ponha um travão apenas com cercas sanitárias. Obrigada e parabéns excelente trabalho

    • Cara Sónia Sousa, agradecemos o seu comentário. No separador “Materiais de Informação“, deste site, encontram-se importantes recomendações sobre os comportamentos sociais a adotar, nomeadamente durante a quarentena, isolamento, vigilância ativa e vigilância passiva. Agradecemos a todos quantos nos ajudam a passar a palavra!

  2. Jacinto Raposo | 3 de Abril, 2020 às 15:27 |

    Boa tarde,
    Muitas pessoas estão a confundir as medidas constantes da Resolução do Governo Regional que estabelece as cercas comunitárias concelhias na Ilha de São Miguel com as medidas previstas no Decreto Presidencial do Estado de Emergência que abrange todo o território nacional, e no qual prevê que se possa fazer saídas de circulação na via pública de curta duração, designadamente para passeio de animais de companhia, actividade física individual e fruição de ar livre. Pergunta-se, quem vive em São Miguel pode ou não beneficiar destas saídas de curta duração?
    Segundo caso, uma empregada de serviço doméstico na ilha de São Miguel pode deslocar-se dentro ou entre concelhos para trabalhar na casa dos seus patrões?
    Obrigado e parabéns pelo excelente trabalho da autoridade de saúde em pról do nosso futuro.

    • Agradecemos o seu contacto. Pedimos a colaboração e compreensão no sentido de que as perguntas sobre situações específicas devem ser endereçadas à caixa de email [email protected], ou através das Linhas Telefónicas disponíveis para esclarecimentos, listadas abaixo. A caixa de comentários é um mecanismo criado exclusivamente para receber comentários.

      Questões clínicas: 800 24 60 24 – Linha Saúde Açores
      Questões não-clínicas: 800 29 29 29 ou 800 500 501

      Está também disponível a Linha 300 077 100, do Instituto da Segurança Social dos Açores, uma linha especializada para assuntos respeitantes às medidas excecionais e temporárias COVID-19.

      Adicionalmente, atualizamos continuamente o site covid19.azores.gov.pt, pelo que uma busca na informação publicada neste site deverá produzir a resposta que procura.

      Fique segur@, fique em casa.

  3. Pedro Correia | 3 de Abril, 2020 às 15:35 |

    Boa tarde. Talvez pudessem preparar um folheto com indicações-chave para distribuir em massa pelas casas de todos, sobretudo os que estão em isolamento domiciliário (não em quarentena). Concordo com o que a Sónia disse. Estão a ter tanto trabalho (e a fazer um ótimo trabalho, diga-se), mas temo que possa não surtir o efeito desejado pela falta de conhecimentos que muitos açorianos têm. Sei que não estão parados e agradeço tudo o que estão a fazer pelos açorianos. Mas pensem nisso…esta luta só será vencida quando todos fizermos a nossa parte… Cumprimentos e bom trabalho! Obrigado!

    • Caro Pedro Correia, muito obrigado pelas suas palavras e pela sua sugestão. Vamos certificar-nos de que a sua sugestão chega ao departamento competente nesta matéria.

  4. Patrícia Diogo | 3 de Abril, 2020 às 22:58 |

    Boa noite,
    Agradeço pela sms de alerta para ficar em casa.
    Mas infelizmente,não puderei ficar constantemente em casa,porque trabalho numa empresa de bens essenciais para a população.
    A tomar todas as regras de segurança tanto para mim em primeiro lugar,como para a restante população,junto com a justificação de circular na estrada,de casa para a empresa.
    Agradecia também que alguma população que fosse às compras,não deixassem luvas nas prateleiras dos hipermercados,parques de estacionamento e deixadas também em cima de caixas de fruta.Quando acontecer algum vírus num local destes e a um dos colaboradores,podem ter a certeza que a empresa fecha,e muita gente fica 15 dias sem fazer compras.
    Pensem nisso e façam o favor de transmitir.
    Ao cuidarem de si estão a cuidar do próximo.

Os comentários estão fechados.

Translate »